Moto, qual a minha ?

Falae galerinha, tudo bem ? Estou aqui trazendo mais um post para vocês, um post mais próximo, um post de "se abrir", afinal é interessante sempre colocar os pontos de vista para que os leitores possam compreender melhor, pois bem, ai vamos nós!

Que tal uma royal enfield para começar.
Sempre me perguntam qual a moto que eu gosto, por que eu zuo moto custom e etc.

Bonneville T100 um pequeno sonho de consumo.
Pois bem, comecemos:

Eu não tenho um tipo favorito de moto, gosto de todas, de Scooters a Supersports, das de baixa cilindrada as maiores cilindradas, porém acima de tudo eu gosto de moto, sempre gostei de moto.

Cresci em uma casa onde sempre teve motos, CG, XTZ entre outras, meu velho é apaixonado por estas máquinas (mais ainda por esportivas), então eu aprendi a gostar de todas, mas ae você me pergunta: "Ah mas você ta sempre zuando moto custom", na verdade eu vou ser sincero acho motos custom muito lindas, motos com acabamentos impecáveis, principalmente as mais clássicas (e sinceramente tenho uma queda por modelos Sportster ou mesmo as inglesas no estilo da bonneville).

´Mais ágil, projetada pra andar forte com motores menores e ser mais versátil
no transito, a Harley Davidson Sportster é o modelo que me atrai. Sim eu curto HD
apesar de postar muita zoeira relacionada a marca.
Mas indo direto ao ponto: Eu não tenho moto favorita, assim como eu não tenho um carro favorito, tenho estilos de motos dos quais eu tenho maior preferência, normalmente motos mais versáteis, pois de vez enquando eu gosto de viajar por estradas alternativas, sim aquelas estradas de chão batido que passam por paisagens bucólicas, onde você sempre tem uma sombra de uma arvore para descansar e muita terra, eis que atualmente o modelo que mais se encaixa no perfil do meu rolê financeiramente são as trails: afinal são motos multi terreno, com um preço bem em conta, afinal você consegue achar uma boa moto trail do fim dos anos 80 ou inicio dos anos 90 por preços entre 4 e 5 mil reais em excelente estado para te levar para os rolês (tem que procurar bastante por que muitas destas motos foram destruídas em trilhas). 

XLX 350r 1987 a Aual
Na real, o que importa de verdade é o espirito, é a zoeira, é o rolê, afinal sem isso não adianta nada nos dizermos motociclistas, (ou motoqueiro ou biker), esta é a minha visão como eu creio que seja a visão de muitos: "Não importa o modelo, a cilindrada, tamanho, estilo, o importante é curtir o passeio e cultivar sempre novas amizades, por que no fim é tudo que resta".

Afinal o cara que hoje tem uma "Trail" pode ser o cara da Harley ou o cara da "Hornet", e sinceramente, se eu pudesse e tivesse condições, creio que assim como muitos, teria uma moto de cada modelo favorito para ter uma moto diferente para cada dia.


No final a melhor moto, e a melhor plataforma são aquelas que te proporcionam diversão e te proporcionam o melhor rolê.

Que tal uma BMW  GS para curtir o bom e velho boxer ? E no fim por que
também não ter uma dessas na garagem ?
Então na boa, pegue sua Honda, Yamaha, Suzuki, Harley Davidson, Kawasaki, BMW, ou a moto que seja e bom rolê! Por que no fim tudo que resta é a diversão.

Comentários

Postagens mais visitadas